25 de dezembro de 2017 às 11:00

Comamos e bebamos. Hoje é Natal

E o anjo lhes disse: Não temais, porque eis aqui vos trago novas de grande alegria, que será para todo o povo: Lc 2:8-11.

Natal é bem mais do que comer castanhas e se embriagar com vinho. Natal é bem mais que comidas e bebidas, Natal é bem mais do que trocas de presentes. Natal é bem mais que uma árvore enfeitada com várias luzes. 25 Dezembro não terá nenhum sentido se Jesus ficar de fora da festa, e é isto que vemos nos dias de hoje. Seja sincero como comemorar um aniversário de alguém, sem se quer falar deste alguém?

E o anjo lhes disse: Não temais, porque eis aqui vos trago novas de grande alegria, que será para todo o povo: Lc 2:8-11.

Queremos fazer apenas uma reflexão sobre o Natal e esperamos que os nossos leitores estejam com seus corações alegres pelo presente dado por Deus a toda humanidade. Israel andava triste e esperava ansiosamente há séculos a vinda do tão sonhado Messias, isto foi profetizado a milhares de anos antes, que ele viria para salvar a humanidade.

O grande dia tão esperado aconteceu há mais de dois mil anos todos se alegraram com o nascimento deste bebe, pois estavam diante do salvador, diante do príncipe da paz, o Emanuel o desejado das nações. O dia de seu nascimento foi comemorado pelos anjos, pelos pastores, pelos Magos que foram ao encontro da criança.

Através dos séculos os cristãos comemoram o nascimento de seu salvador e festejam por este presente enviado por Deus. João 3:16. Mas com o passar dos anos esta festa transformou-se em comercio, comilância, bebedeiras e idolatria, honram mais as tradições e elementos introduzido neste festejo do que o próprio filho de Deus.

Este acontecimento chamado de “Natal” é momento de alegria, Natal é presente, Natal é compartilhar as Boas Novas. Foi esta mensagem que os anjos deram aos pastores e os pastores logo se encarregaram de espalhar as Boas Novas, espalhar a mensagem de esperança e salvação.

O presente não era apenas para Israel, mas para todos os homens, espalhados na face da terra. Chega de choro, chega de culpa, chega de desespero, chega de guerra. Jesus nasceu, alegrem-se, vamos comemorar com festa e danças, pois a promessa foi cumprida, vamos compartilhar.

Infelizmente ainda existem países e pessoas que não tiveram a oportunidade de conhecer esta Boa Nova. O menino Jesus nasceu, cresceu em graça e estatura, viveu até aos 33 anos, morreu e ressuscitou. E muitos ainda não têm conhecimento se quer que ele tenha nascido ou exista.

O que faremos nós diante disto? Estamos na posição dos pastores de Belém e somos convocados a espalhar as Boas Novas para que todos conheçam a Cristo. Mesmo sabendo que não foi em 25 Dezembro seu nascimento, porque não torná-lo conhecido nestas nações que andam em trevas? 25 Dezembro é uma boa oportunidade para pregarmos o evangelho. Desconfie de Natal sem Jesus, desconfie de Natal onde colocaram a figura de Noel onde há século tenta roubar a glória do aniversariante.

Espalhe a notícia, Jesus nasceu, viveu, foi sacrificado pelos nossos pecados, mas ressurgiu de entre os mortos e está a destra de Deus intercedendo por nós. Feliz Natal de Jesus em seu coração, deixe a luz de Deus brilhar em seu coração.

“Glória a Deus nas alturas, Paz na terra, boa vontade para com os homens”. Lucas 2:14

Amém

Por Josiel Dias

Fonte: GospelPrime

comentários

Estúdio Ao Vivo