28 de outubro de 2017 às 23:58

Não viva o padrão de vida dos outros

"Pois tudo o que há no mundo ? a cobiça da carne, a cobiça dos olhos e a ostentação dos bens ? não provém do Pai, mas do mundo. O mundo e a sua cobiça passam, mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre" (1º João 2:16-17)

Queridos irmãos,

Muitas são as pessoas que vivem um padrão de vida que não é seu, especialmente por cobiçar o que é dos outros e querer ter para si também. Alguns exemplos são carros, casas e viagens, fatores que podem comprometer a saúde financeira de qualquer família se forem mais caros do que o bolso permite.

É como está na Primeira Epístola de João, a cobiça e a ostentação não vêm de Deus, e sim do mundo. Não à toa, acabam levando muitas pessoas ao endividamento e inadimplência. O hábito de comprar itens que não precisa, com o dinheiro que não tem e para impressionar pessoas que muitas vezes nem conhece pode acabar levando à ruína financeira.

É preciso se livrar da inversão de significados e lembrar que é mais importante ser do que ter, é preciso valorizar os ensinamentos sagrados e não as coisas mundanas. É claro que todos queremos levar uma vida boa, com conforto, mas se não respeitarmos nossa situação financeira atual, os prazeres de hoje podem se tornar um imenso problema amanhã.

Por isso, é importante saber o quanto ganha e o quanto gasta, revendo suas despesas e também os gastos fixos, como moradia, custo de vida e lazer. Por exemplo, morar em um bairro caro, frequentar lojas e restaurantes de alto custo e fazer grandes viagens pode gerar complicações se não tiver condições de pagar.

Por isso oriento que toda pessoa e especialmente toda família tenham sonhos â?" sejam eles quais forem, desde que verdadeiros â?" e se planejem para conquistá-los com sustentabilidade financeira, ou seja, poupando dinheiro ao invés de contrair dívida sobre dívida.

O equilíbrio é muito importante em qualquer aspecto da vida, e na questão financeira não seria diferente. Então, que tal rever o seu padrão de vida?

Fonte: GospelPrime

comentários

Estúdio Ao Vivo